Os impactos da pandemia no mercado

Os impactos da pandemia no mercado

Presidente da Macnica DHW, Fábio P. Sousa, fala sobre os impactos da pandemia no mercado

A pandemia do coronavírus tem afetado a rotina, o trabalho, a economia e tantos outros aspectos na vida das pessoas e das corporações.

Assim como grande parte das empresas no Brasil e no mundo, a Macnica DHW está com sua equipe trabalhando homeoffice, decisão tomada antes mesmo do Governo de Santa Catarina decretar o isolamento social, visto que, com o agravamento da situação em outros países, a empresa entendeu que medidas de segurança deveriam ser rapidamente tomadas para zelar pela saúde dos seus colaboradores. 

O novo modelo de trabalho, felizmente se mostrou bastante eficiente, o que para o Presidente da Macnica DHW, Fábio P. de Sousa, isso se deve ao engajamento individual do time. “Nós temos um grupo coeso que tem um comprometimento muito forte, e é visível o empenho de cada um”.

A empresa garantiu que todos os colaboradores tivessem infraestrutura para trabalhar homeoffice, e está ativamente realizando reuniões e conversas de forma remota, tanto com o grupo, quanto com clientes e parceiros.

Andamento dos projetos e distribuição de componentes

Segundo o Presidente da Macnica DHW, desde o início do ano a empresa já preparava sua estrutura logística global, pois estava acompanhando bem de perto os efeitos da pandemia em outros países.

Fábio conta que a cadeia é bastante ampla, porque ela começa na fabricação dos componentes e vários fabricantes destes componentes já estavam informando que a capacidade produtiva deles seria afetada. “Estamos nos organizando da melhor maneira possível para antecipar as necessidades que o mercado possa vir a ter, contamos com estoques em diversos países do mundo, o que nos permite ter acesso a componentes de vários lugares de forma privilegiada”, destacou.

Como a Indústria brasileira está reagindo

O Presidente da Macnica DHW explica que, dependendo do setor, as reações tem sido as mais diversas, sendo que já se enxerga as que foram bastante afetadas, assim como as que aparentemente estão se mantendo, e as que estão crescendo mesmo neste momento, como por exemplo, as da área médica. 

“Todas estas consequências são normais diante de uma mudança de cenário não só nacional como global. A Macnica está preparada para continuar dando suporte para os mercados que foram afetados, ao mesmo tempo que está dando todo o apoio para os mercados que estão em crescimento”, enfatizou.

O Presidente da Macnica ressalta ainda que Indústria brasileira que depende de componentes eletrônicos para desenvolver e fabricar seus próprios produtos, com certeza terá um impacto negativo por conta da crise por várias razões, entre elas, a volatilidade do câmbio, e todo este novo contexto que vai trazer dificuldades de competitividade para indústria como um todo. “Aumenta o desafio que se tem para alcançar sucesso no mercado”.

Por outro lado, Fábio enxerga que o que vai fazer toda a diferença na retomada da indústria será: a Transformação digital e as soluções IoT.

O Presidente destaca que a Macnica DHW tem um portifólio de produtos e soluções, cujo o principal objetivo é aumentar a produtividade, reduzir perdas e aumentar a competitividade do cliente como um todo, seja nos seus processos ou produtos. 

“Na minha opinião, não existe um momento mais vital para uma empresa que quer sobreviver do que uma crise, pois ela vai precisar trabalhar ainda mais para melhorar justamente estes aspectos”, enfatiza.

Para Fábio, momentos de crises devem ser encarados como desafiadores e de reinvenção. “Precisamos prestar atenção em como a tecnologia pode nos ajudar, em como os processos podem ser mais automatizados, controlados e otimizados”.

Grupo MACNICA

Sobre como o grupo Macnica está reagindo a pandemia, Fábio comentou que a corporação é uma empresa extremamente forte e sólida e por estar sediada no Japão, que é um dos países que menos sentiu até agora os efeitos negativos da pandemia, pode-se dizer que a Macnica como um todo teve pouco impacto globalmente falando. “Claro que nas operações da China e da Europa, mesmo nas Américas, existe sim impactos, mas de uma forma global a gente se mantém bastante focado nos nossos objetivos, desenvolvendo negócios, dando suporte para o mercado e acima de tudo, priorizando a segurança e a saúde de todos os colaboradores da corporação”. 

Auxílio para a indústria que está envolvida diretamente com a produção de produtos que darão suporte ao tratamento da pandemia.

Empresas da Indústria Médica estão exigindo grandes volumes de componentes para poder atender as demandas do país em relação ao tratamento e prevenção do Covid-19. A Macnica DHW está diretamente envolvida nesta cadeia de suprimentos para garantir que não faltem componentes para a construção destes equipamentos. 

Fechar Menu