Sistema IoT para monitoramento de pacientes em tempo real
Uma identificação rápida da movimentação do idoso é a ´chave´ para evitar uma possível queda ao sair da cama. Sendo assim, um sistema que monitore os movimentos do paciente é de extrema importância

Sistema IoT para monitoramento de pacientes em tempo real

O Sistema IoT para monitoramento da EarlySense tem como função acompanhar de forma contínua a frequência cardíaca e respiratória do paciente, bem como, o movimento por meio de um sensor colocado sob o colchão da cama.

As casas de repouso para idosos ou ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos) recebem pessoas de 60 anos ou mais.

Estatísticas mostram que nesta faixa etária a possibilidade de queda é muito grande, e quando isso ocorre, fraturas e até mesmo internação hospitalar são frequentes.

Com o objetivo de minimizar essas quedas e maiores complicações, a Macnica no Japão em parceria com a EarlySense, desenvolveram o sistema NOOMI, que tem como função monitorar a saúde geral e o bem-estar, acompanhando de forma contínua a frequência cardíaca e respiratória, bem como, o movimento por meio de um sensor colocado sob o colchão da cama. Então, por meio desse sistema é possível reduzir em 40% as taxas de quedas dos idosos.

Quedas e acidentes

Primeiramente, precisamos destacar que a queda de idosos é um evento bastante comum e pode ser devastador dependendo da gravidade. Além das consequências físicas da queda, como fraturas e internações, é preciso estar atento aos efeitos psicológicos, como o medo recorrente de cair.

Dados da área da saúde mostram que um em cada três indivíduos com mais de 65 anos sofrerá uma queda. Além disso, segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 1 em cada 20 idosos que sofram uma queda tenham uma fratura ou necessitem de uma internação.  

Além disso, outro dado que chama bastante atenção é o número de idosos com mais de 80 anos que sofrem quedas por ano. O número chega a 40%, ainda de acordo com o Ministério da Saúde. Aliás, esse número sobe para 50% quando analisamos idosos em asilos e casas de repouso.

Do mesmo modo, a prevenção de quedas é uma tarefa difícil devido à variedade de fatores que as predispõem. Entretanto, quando analisamos o ambiente das casas de repouso, podemos elencar algumas causas.

Dentre elas, muitas quedas acontecem quando o paciente tenta se levantar/sair da cama.

Assista o vídeo sobre a nossa solução

Como evitar as quedas em casas de repouso?

Uma identificação rápida da movimentação do idoso é a “chave” para evitar uma possível queda ao sair da cama. Sendo assim, um sistema que monitore os movimentos do paciente é de extrema importância.

Os sistemas de vídeo podem auxiliar, mas o fato de registrar a imagem do paciente pode não ser o suficiente, além de poder causar um certo desconforto.

Desse modo, um sistema sem vídeo e sem contato com o paciente é o mais recomendado. O sistema da Macnica possui uma placa de sensores, da EarlySense, que fica embaixo do colchão do paciente, na altura do peito, como mostra imagem abaixo. Nesse sentido o sensor monitora a movimentação do paciente e gera um alerta se o paciente tentar sair da cama.

Este alerta é enviado aos cuidadores que podem rapidamente chegar ao quarto do idoso. Uma vez que o cuidador está no quarto, ele pode prestar auxílio ao idoso no que ele desejar, como levantar-se e/ou mover-se.

A solução integra a placa sensor da EarlySense e o AttentiveConnect, um serviço em nuvem para gerenciar os dados dos pacientes. Senso assim, esse sistema completo de software e hardware pode identificar uma possível queda do paciente, avisando com agilidade e em tempo real os cuidadores.

Prevenção de Queda (Fall Prevention)

O alerta para prevenção de quedas pode ser configurado entre 6 níveis de sensibilidade, sendo o nível 1 o mais baixo e o nível 6 o mais alto.

Então, no nível 6 é enviado um alerta de ‘Prevenção de Queda’ ao menor sinal de movimentação do paciente para sair da cama. Assim, o cuidador pode chegar rapidamente ao quarto e evitar uma possível queda.

Outras funcionalidades

Além do sistema de prevenção de queda do paciente, o sistema também monitora as condições de saúde do paciente, como:

  • Frequência Cardíaca
  • Frequência Respiratória
  • Monitoramento do sono
  • Tempo fora da cama
  • Outras condições de saúde relatadas aos cuidadores

Dessa forma, a solução da Macnica vem ao encontro do desejo de diminuir a taxa de quedas em idosos.

Com o sistema de alerta e registro dos sinais vitais do paciente, uma decisão assertiva pode ser tomada rapidamente. Logo, é possível reduzir as taxas de quedas dos idosos em casas de repouso ou ILPI.

Leia também:

Monitoramento dos pacientes

Referências utilizadas neste conteúdo:

Artigo 1: portal BVC.gov.br

Artigo 2: scielo.br

Saiba mais sobre a EarlySense