Radares: A tecnologia por trás dos radares de velocidade

Radares: A tecnologia por trás dos radares de velocidade

Engana-se quem pensa que o sistema de um radar é simples. Existe muita tecnologia empregada em cada tipo de radar. 

Radares de velocidade são aparelhos capazes de monitorar o tráfego de veículos e identificar quando um deles circula acima do limite de velocidade da rodovia em questão. 

Os radares eletrônicos de velocidade são um suporte para a segurança dos motoristas que circulam nas rodovias, pois faz com que os condutores mantenham a velocidade abaixo do limite, o que por sua vez diminui o índice de acidentes.

Os radares de velocidade fixos, também conhecidos como pardais, consistem de um sistema que mede a velocidade do veiculo e registra imagens. 

O sistema que mede a velocidade do carro é composto por sensores magnéticos instalados no asfalto. Os sensores ficam dispostos de modo a identificar a presença do veículo em dois ou três pontos do asfalto. Assim, quando o veículo passa pelo sensor um sinal é enviado à central onde é medido o tempo entre os sinais e dividido pela distância entre os sensores, o que resulta na velocidade do veículo.

As linhas de distribuição da Macnica DHW com finalidades para este tipo de solução  podem oferecer o processo completo para radar de velocidade, quer ver como? Acompanhe: 

FPGAs, como o encontrado na placa Borax, são capazes de fazer todo este processamento na central, como identificar se o veículo está acima do limite de velocidade e enviar o comando para a câmera registrar a imagem da placa. 

As imagens registradas, com câmeras Leopard Imaging, por exemplo, são criptografadas com informações como data, velocidade e local. A criptografia é feita com o módulo de segurança da Maxim Integrated. As chaves de acesso ficam em posse do órgão de trânsito responsável, garantindo a segurança dos dados coletados.

FPGAs são capazes de identificar a placa do veículo, utilizando inteligência artificial, além de adicionar as informações necessárias. Após todo o processamento na edge, a informação é transmitida ao órgão de trânsito responsável via modem celular, utilizando módulos da Quectel ou Telit, finalizando o processo com o registro da infração e notificação do proprietário do veículo.

Quer saber mais? 

Fale conosco! 

Contato