You are currently viewing Reconhecimento Facial na Construção Civil

Reconhecimento Facial na Construção Civil

Para maior segurança, as empresas do ramo da construção civil devem manter apenas pessoas habilitadas no perímetro de obra. Para garantir isso, uma das opções para identificação dos trabalhadores é o uso do reconhecimento facial. Essa solução pode ser utilizada isoladamente para o controle de acesso ou associada a mais informações do local para um acompanhamento em tempo real das obras e da segurança dos trabalhadores.

Os trabalhadores da construção civil devem estar em dia com seus exames de audiometria e/ou saúde ocupacional para acessar os canteiros de obra. Essas são diretrizes para manter a saúde do colaborador, pelas quais as prestadoras de serviço são fiscalizadas. Para garantir essas condições, muitas empresas monitoram o acesso de seus colaboradores com cartão ponto. Necessitando assim de uma integração manual dos dados de entrada e seu histórico de exames.

Uma solução que proporcionou mais agilidade a este processo é o controle de acesso por biometria. Assim, quando o colaborador entra na obra, ele é identificado e seu histórico é checado no sistema. Uma ótima solução, não é mesmo? Entretanto, para a construção civil esta não é uma boa solução, visto que os colaboradores sofrem com o desgaste da pele dos dedos, além de não ser a melhor forma para o atual cenário que estamos vivendo: a pandemia do Coronavírus. 

Por isso, o melhor e mais eficiente controle de acesso se dá através do reconhecimento facial, que possibilita a identificação do colaborador sem a necessidade de contato. Sistemas locais podem fazer o processamento dos dados rapidamente e autorizar a entrada do colaborador.

Além da identificação do colaborador, esta solução pode identificar acesso de pessoas não autorizadas ao local, o que aumenta a segurança das pessoas e dos materiais do canteiro de obras. Para garantir que o tempo de checagem não se torne um problema, o processamento local é essencial. 

Saiba mais sobre as nossas soluções que garantem curto tempo entre identificação e resposta ao pedido de acesso. 

Veículos também podem ser monitorados

Uma vez instaladas as câmeras, as imagens podem ser utilizadas para identificação de veículos que acessam os locais. Com a identificação da placa e modelo é possível monitorar que veículos estiveram na obra e por quanto tempo permaneceram lá. Veja aqui outro exemplo de uma solução de reconhecimento facial.

É possível monitorar também o volume dos caminhões de carga que entram e saem do local. Outra possibilidade que traz maior visibilidade da obra como um todo, pois com estes dados tratados é possível visualizar o status atual da obra na tela do seu computador.

Soluções de vídeo no canteiro de obras monitoram quem entra e sai da obra, identificam o fluxo de passivos e monitoram o fluxo de veículos. Este conjunto de informações mostra o que acontece em tempo real no canteiro de obras. O que além de aumentar a segurança dos colaboradores, gera dados para tomada de decisão mais assertiva.