You are currently viewing PAC D5005 para operações bancárias com baixa latência
PAC D5005 para operações bancárias com baixa latência

PAC D5005 para operações bancárias com baixa latência

PAC D5005 para operações bancárias com baixa latência.

Para aplicações de alto desempenho e de data center, a baixa latência é um fator crítico de sucesso. Por exemplo, empresas financeiras e de investimento dependem da rápida execução de transações.

Em muitos casos, essas oportunidades de negociação são tão rápidas que a execução de transação usando lógica programável, implementada com FPGA, pode ser uma grande vantagem competitiva.

Desta forma, empresas que operam dessa maneira e que utilizem dispositivos lógicos programáveis Intel terão uma vantagem real de mercado sobre as que usam apenas software.

Pensando na questão PAC D5005 para operações bancárias com baixa latência, a Intel e a Algo-Logic desenvolveram um design de referência de estrutura de alta velocidade.

A solução descarrega a pilha de rede necessária para negociação financeira de alta velocidade para lógica instanciada em uma FPGA Intel® Stratix® 10 no D5005, Programmable Acceleration Card Intel FPGA (Intel® FPGA PAC).

O projeto de referência inclui:

  • Uma interface PCIe rápida (o Algo-Logic Fast Data Mover)
  • Uma área de implementação de lógica de negócios de C/C++ para FPGA que serve como um alvo para lógica desenvolvida usando síntese de alto nível (HLS)
  • Um mecanismo de descarregamento TCP/IP
  • Um controle de acesso à mídia (MAC) de latência ultrabaixa (ULL) 10GbE

De acordo com a conclusão do artigo intitulado “Low-Latency Data Mover Framework from Algo-Logic with Intel® FPGA PAC D5005”, o design de referência atinge latência 3,8X menor em comparação com um design com apenas um mecanismo de descarregamento Ethernet.

Estas inovações aceleram significativamente o desenvolvimento do sistema de negociação de baixa latência, ao mesmo tempo em que oferecem a flexibilidade de adicionar algoritmos de negociação proprietárias ao FPGA.

Saiba mais aqui.

Imagem:

Fonte Intel