Monitoramento de CO2 e ventilação correta reduzem o risco de contaminação por vírus
Várias soluções para ventilação regular e eficaz em salas fechadas estão atualmente sendo testadas. Na Alemanha, por exemplo, módulos equipados com sensores de CO2 foram usados para medir a qualidade do ar nas salas de aula

Monitoramento de CO2 e ventilação correta reduzem o risco de contaminação por vírus

Os sistemas de alerta de CO2 baseados na tecnologia confiável e precisa do sensor SCD30 da Sensirion podem reduzir o risco de infecção por vírus nas salas de aula.

Aos poucos as escolas estão retornando e os alunos estão de volta às salas de aula.

Como ainda estamos passando pela pandemia, e não sabemos ao certo quando todos estarão vacinados e imunizados, a preocupação do contágio é iminente.

Pequenas gotículas (conhecidas como aerossóis) são emitidas não apenas quando as pessoas tossem ou espirram, mas também durante a respiração e a fala.

Esses aerossóis podem conter vírus, por isso, a ventilação frequente e eficaz é mais importante do que nunca.

Desta forma, quanto mais ar fresco houver em uma sala fechada, menos ar expirado poderá conter vírus.

Monitores de CO2: Solução para salas de aula

As salas de aula são espaços onde grande número de pessoas permanece por longos períodos de tempo e onde há constante comunicação.

A qualidade do ar nas salas de aula é geralmente ruim, pois um grande número de pessoas precisa dividir um espaço relativamente pequeno. Sendo assim, esses ambientes geralmente contêm níveis críticos de CO2 logo nos primeiros 15 minutos de divisão deste mesmo espaço.

Monitores de CO2

Várias soluções para ventilação regular e eficaz em salas fechadas estão atualmente sendo testadas, e isso não é apenas pela pandemia, mas por vários outros vírus que existem e podem ser transmitidos em ambientes fechados.

Na Alemanha, por exemplo, módulos equipados com sensores de CO2 foram usados ​​para medir a qualidade do ar nas salas de aula.

Nesse sentido, destaca-se que um monitor de CO2 é fácil de usar, intuitivamente compreensível, graças ao sistema de semáforos, além de medir com alta precisão.

Um monitor de CO2 garante ventilação regular e eficaz, para que instrutores e alunos possam trabalhar juntos com mais segurança.

Além de diminuir o risco de transmissão de vírus como o COVID-19, as medidas de redução de CO2 também trazem um outro ponto positivo: aumentam a capacidade de concentração.

Quatro etapas para ventilação eficiente:

Posicionar monitor de CO2: Colocar o monitor de CO2 em algum lugar onde seja claramente visível. Certifique-se de que não está localizado próximo a uma fonte de ar fresco.

Observe o sistema de monitoramento: Consulte o monitor de vez em quando durante o seu trabalho. Isso fornecerá informações sobre a concentração atual de CO2 na sala.

Ventile com eficiência: Responda ao sistema de advertência do semáforo e ajuste seu sistema de ventilação.

Analisar e otimizar: Você pode obter regras básicas a partir dos dados registrados, permitindo otimizar ainda mais o comportamento da ventilação e evitar perdas desnecessárias de energia durante os períodos de frio.

Solução Sensirion

Senso assim, sabendo que o monitoramento de CO2 e ventilação correta podem reduzir fortemente o risco de infecção por vírus como o COVID-19, a Sensirion oferece uma solução confiável e comprovada pelo mercado, o módulo de sensor SCD30 CO2 e RH/T.

SCD30

Módulo Sensor para Aplicações de HVAC e Qualidade do Ar Interior

A tecnologia CMOSens® para detecção de infravermelho permite medições de dióxido de carbono altamente precisas a um preço competitivo.

Além disso, o módulo tem um sensor de temperatura e umidade da Sensirion, integrado.

Em outras palavras, a umidade e a temperatura ambiente podem ser geradas pela experiência do algoritmo da Sensirion.

O algoritmo faz a modelagem e compensação de fontes externas de calor sem a necessidade de quaisquer componentes adicionais.

O sensor possui um canal duplo para a medição da concentração de dióxido de carbono. Dessa forma, o sensor compensa os desvios de longo prazo automaticamente por design.

Além disso, a altura muito pequena do módulo permite uma fácil integração em diferentes aplicações.

O dióxido de carbono é um indicador chave da qualidade do ar interno.

Graças aos novos padrões de energia e melhor isolamento, as casas tornaram-se cada vez mais eficientes em termos de energia. Porém, a qualidade do ar pode se deteriorar rapidamente.

Por fim, o SCD30 da Sensirion oferece monitoramento preciso e estável de CO2, temperatura e umidade.

Isso permite que o ambiente interno seja mais confortável e saudável, através da ventilação ativa.

Saiba mais sobre a Sensirion