Sensores de umidade e temperatura, promovem a melhoria na qualidade do ar
Para evitar consequências negativas de níveis de umidade não controlados, dispositivos de tratamento de ar ou sistemas HVAC equipados com SHT40 podem ser usados.

Sensores de umidade e temperatura, promovem a melhoria na qualidade do ar

Ambientes fechados podem ocasionar muitos problemas de saúde, por isso, é importante ter dispositivos de tratamento de ar ou sistemas HVAC equipados com SHT40, para garantir de forma automática a qualidade do ar.

Os sensores da fabricante Sensirion, SHT40, é uma das melhores opções do mercado e já está comprovado pela Indústria, além de ter excelente relação preço-desempenho.

Trabalhar em um ambiente fechado, era algo comum para grande maioria das pessoas, seja em casa ou no trabalho.

Com a pandemia esta situação aumentou muito, e a preocupação em estar num ambiente em que o ar tem uma boa qualidade também se tornou ainda mais importante.

Níveis de umidade muito altos ou muito baixos em espaços fechados podem levar a vários problemas, como por exemplo:

Bactérias e vírus que causam infecções respiratórias prosperam em ambientes com umidade extremamente alta e extremamente baixa.

Esporos de fungos, ácaros e outros alérgenos sobrevivem melhor em ambientes de alta umidade, desta forma,

para evitar consequências negativas de níveis de umidade não controlados, dispositivos de tratamento de ar ou sistemas HVAC equipados com SHT40 devem ser usados ​​para garantir automaticamente a qualidade ideal do ar.

Fazendo parte da 4ª geração dos melhores sensores Sensirion de umidade e temperatura comprovados pela indústria, o SHT40 oferece a melhor relação preço-desempenho.

Sobre o Sensor de umidade e temperatura SHT40 da Sensirion:

A embalagem de fita e bobina combinada com a adequação para processos de montagem SMD padrão tornam o SHT40 ideal para aplicações de alto volume.

O SHT40 se baseia em um chip CMOSens® totalmente novo e otimizado, que oferece consumo de energia reduzido e especificações de precisão aprimoradas.

Com a faixa de tensão de alimentação estendida de 1,08 V a 3,6 V, as aplicações móveis e movidas a bateria tem o ajuste perfeito.

O tamanho super pequeno realizado em uma caixa DFN robusta permite a integração em projetos desafiadores, ao mesmo tempo que garante as mais altas demandas de confiabilidade, conforme demonstrado pela qualificação JEDEC JESD47.

Características

  • Exatidão da umidade relativa: ± 1,8% UR
  • Precisão da temperatura: ± 0,2 ° C
  • Tensão de alimentação: 1,08 V a 3,6 V
  • Corrente média: 0,4 µA (na taxa de medição 1 Hz)
  • Corrente ociosa (idle): 80 nA
  • Modo mais rápido I2C
  • Faixa de operação: 0 a 100% UR, -40 a 125 °C
  • Totalmente funcional em ambiente de condensação
  • Aquecedor de potência variável
  • Rastreabilidade NIST
  • Qualificação JEDEC

Tecnologia e benefícios

TecnologiaBenefícios
Tensão de alimentação: 1,08 V… 3,6 VPerfeitamente adequado para aplicações móveis e movidas a bateria
Exatidão de umidade relativa: ± 1,8% RH Precisão de temperatura: ± 0,2 °CTolerâncias de precisão incomparáveis, variações mínimas de dispositivo para dispositivo (D2D)
I2C fast mode plusTransferência de dados mais rápida
Variable power heaterPermite novas aplicações em condições operacionais extremas
Novo elemento sensor MEMSTotalmente funcional em ambiente de condensação
Corrente média: 0,4 µA (na taxa de medição de 1 Hz)Aumenta a vida útil da bateria em aplicativos móveis

Aplicações

  • Eletrônicos de consumo
  • Monitores de qualidade do ar (ver petição 40 a 60RH)
  • Alto-falantes / termostatos inteligentes
  • Dataloggers
  • Detectores de fumaça
  • Dispositivos Médicos
  • Impressoras jato de tinta e laser

Valores fundamentais da Sensirion

  • Pioneira em sensores de umidade e temperatura há mais de 20 anos
  • Histórico comprovado: 4ª geração de sensores de umidade
  • Maior confiabilidade, robustez e precisão
  • Os mais altos requisitos de qualidade de acordo com JEDEC JESD47

Mais informações sobre o Sensirion Aqui.

Saiba mais sobre a Sensirion:

Fabricante de sensores de fluxo para gases e líquidos de pressão diferencial, sensores ambientais para a medição de umidade e temperatura, compostos orgânicos voláteis (VOCs), dióxido de carbono (CO2) e material particulado (PM2.5).

Os sensores de fluxo são um importante componente na fabricação dos respiradores que estão sendo utilizados no tratamento do Covid-19.