You are currently viewing Hidrômetros Inteligentes

Hidrômetros Inteligentes

Hidrômetros ou medidores de água inteligentes utilizam sensores habilitados para IoT.

Com essa tecnologia é possível monitorar remotamente o uso de água e identificar vazamentos, o que reflete diretamente na economia de água e na redução dos custos operacionais para empresas de serviços públicos e cidades.

De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos, as taxas de consumo de água ameaçam níveis insustentáveis nas próximas décadas.  

Desta forma, até 2071, quase metade das 204 bacias hidrográficas que atualmente abastecem o país com água doce, poderão deixar de atender à crescente demanda.

Sendo assim, sistemas com hidrômetros inteligentes podem reduzir o uso de água, alertar instantaneamente os consumidores e empresas de serviços públicos sobre vazamentos ou danos ao sistema e aumentar a eficiência dos processos operacionais.

Um estudo da Sydney Water mostrou que o uso de medidores inteligentes diminuiu o uso de água em 6% em sistemas residenciais, uma redução que foi mantida por dois anos após o período de estudo.

Como funciona?

Os hidrômetros inteligentes funcionam utilizando um sensor habilitado para IoT que mede o uso da água e a temperatura ambiente no sistema, atualizando em intervalos regulares.

Esses medidores podem ser monitorados remotamente, eliminando a necessidade dos agentes de serviços públicos fazerem leituras manualmente e enviar atualizações imediatas se forem detectados sinais de vazamento ou adulteração.

Principais benefícios do gerenciamento de medidores de água habilitados para IoT

  • Evite o desperdício de água, identificando imediatamente vazamentos e problemas na medição.
  • Reduza os custos de mão-de-obra e elimine a necessidade de agentes de serviços públicos fazerem leituras manualmente de medidores de água residenciais.
  • Preveja padrões de consumo para se preparar melhor para o aumento da necessidade ou redução do fornecimento.

Para o desenvolvimento de medidores inteligentes a Quectel possui a linha de módulos LTE BG95. Trata-se de módulos que permitem a implementação de uma ampla gama de aplicações IoT, como POS sem fio, medição inteligente, rastreamento de ativos, dispositivos vestíveis e muito mais.

O módulo BG95-M2 da Quectel já possui certificação Anatel.

Principais características do módulo:

Solução LTE BG95-M2:

  • Módulo multimodo LPWA
  • 23,6 mm × 19,9 mm × 2,2 mm
  • Fator de forma SMT
  • Encapsulamento LGA
  • Máx. 588 Kbps downlink / 1119Kbps uplink sob LTE Cat M1

Faixa de temperatura estendida de -40 °C a + 80 °C

Características:

  • Fácil migração dos módulos Quectel GSM / GPRS, UMTS / HSPA e LTE
  • Processador ARM Cortex A7 (suporta ThreadX)
  • Memória RAM e flash integrada no chipset de banda base
  • Interface USB 2.0
  • Conjunto abrangente de recursos de segurança baseados em hardware
  • Suporta DFOTA
  • Suporta VoLTE (Cat M1 apenas), voz CS para GSM, QuecOpen® e eSIM
  • Tempo de lançamento rápido no mercado: projetos de referência, ferramentas de avaliação e suporte técnico oportuno minimizam os esforços de projeto e desenvolvimento
  • Montagem robusta e interfaces

Conhecendo mais o módulo BG95-M2 da Quectel

O BG95-M2 é um módulo multimodo LPWA com GNSS integrado que atende às especificações 3GPP Versão 14.

O BG95-M2 tem compatibilidade pino a pino com módulos Quectel LTE Cat 4 EG91 / EG95, módulo LTE Cat M1 / ​​Cat NB1 / EGPRS BG96, módulo NB-IoT BC95, módulos UMTS / HSPA UG95 / UG96 e módulo GSM / GPRS M95.

O BG95-M2 atinge taxas máximas de downlink de 588Kbps e taxas de uplink de 1119Kbps sob LTE Cat M1.

A memória RAM e flash integrada do módulo permite um consumo de energia ultrabaixo, e o processador ARM Cortex A7 (que suporta ThreadX) permite uma redução de até 70% no leakage de PSM e 85% de redução no consumo de corrente eDRX em comparação com seu antecessor.

O fator de forma SMT compacto, econômico e altamente integrado do BG95-M2 de 23,6 mm × 19,9 mm × 2,2 mm permite que integradores e desenvolvedores se beneficiem de sua intensidade mecânica e baixo consumo de energia e projetem seus aplicativos com facilidade, e seu pacote LGA avançado permite a fabricação totalmente automatizada para aplicações de alto volume.

O conjunto abrangente de recursos de segurança baseados em hardware do módulo permite que aplicativos confiáveis ​​sejam executados diretamente no Cortex A7 TrustZone.

Um conjunto rico de protocolos de internet, interfaces padrão da indústria e funcionalidades abundantes (como, por exemplo, drivers USB para Windows 7/8 / 8.1 / 10, Linux, Android etc.) permitem que o módulo atenda a uma ampla gama de aplicativos IoT, como POS sem fio, medição inteligente, rastreamento de ativos, dispositivos vestíveis e muito mais.

Saiba mais sobre a solução Quectel

Veja outros módulos certificado Anatel