You are currently viewing Segurança dos trabalhadores

Segurança dos trabalhadores

Compartilhe

Monitoramento de vídeo para melhorar a segurança dos trabalhadores: A segurança dos trabalhadores é um fator crítico para muitas empresas industriais.

Para garantir a integridade da equipe, muitas empresas utilizam equipamentos de proteção individual (EPI), que pode ser ainda mais eficiente quando aliada ao monitoramento de vídeo.

Em zonas de alto risco, como por exemplo, Portos, que operam com guindastes, é preciso um cuidado muito maior, sendo que muitas vezes o local precisa estar sem os trabalhadores, e é neste momento que o monitoramento de vídeo se torna essencial.

Aplicando Inteligência Artificial (AI) e machine learning (ML) aos dados coletados podemos reduzir os acidentes e aumentar a produtividade. Essa é a solução da FogHorn que a Macnica DHW traz com exclusividade para o Brasil.

Edge Computing para detecção de EPIs

Os equipamentos de proteção individual (EPI) são essenciais para garantir a segurança dos trabalhadores, com a solução da FogHorn Lightning Edge e seus recursos de machine learning e AI, é possível analisar streams de vídeo ao vivo para verificar se o equipamento de proteção pessoal está sendo usado corretamente.

Como isso acontece?

Conforme os funcionários entram em zonas restritas, FogHorn Lightning processa a transmissão de vídeo ao vivo na borda, ou seja, onde os dados estão sendo criados, e verifica se os equipamentos necessários para aquela zona específica estão sendo usados corretamente.

Após a verificação, os resultados são compartilhados em tempo real com o funcionário e ele tem permissão para entrar na área ou é alertado para corrigir a falha.

Além disso, cada evento pode ser armazenado em um registro de segurança e adicionado ao registro de cada funcionário, gerando histórico importante para futuras decisões sobre segurança.

Edge Computing para monitorar zonas de risco

A operação e movimento de grandes equipamentos, como guindastes, representam problemas de segurança para os trabalhadores e ativos nas indústrias.

Assim, os sensores instalados em guindastes junto com vários feeds de vídeo podem ser usados ​​para detectar automaticamente as zonas de perigo e gerar alertas.

Desta forma, quando o guindaste começa a operar, a FogHorn Lightning sente o movimento por meio de sensores e da transmissão de vídeo ao vivo e, em seguida, sinaliza a operação.

Desta forma o sistema:

  • Envia um alerta de texto aos funcionários dentro da zona de perigo para alertá-los sobre o movimento do guindaste.
  • Informa o operador do guindaste sobre os trabalhadores que estão na zona de risco e próximos desta.
  • Envia alerta ao operador do guindaste sobre os demais obstáculos que se encontram na zona de risco.

A solução FogHorn Lightning Edge foi desenvolvida para resolver o problema de análise de streaming na borda em tempo real, com recursos de fusão de dados de sensores e o poder de ML e AI baseados em Edge Computing.

Entre em contato conosco para saber como podemos lhe auxiliar no seu projeto.

Acompanhe a Macnica DHW nas Redes Sociais

INSTAGRAM

LINKEDIN

FACEBOOK

Compartilhe

Franciele Nornberg

Mestre em Engenharia Elétrica pela UFSC (2019), graduada em Engenharia Elétrica pelo IFSul em 2017. Trabalha na Macnica DHW desde 2019. Seu conhecimento técnico somado a utilização das boas práticas de copywriter são responsáveis pelos excelentes conteúdos divulgados no blog da Macnica. Franciele é também Instrutora Autorizada FPGA Intel e portanto, responsável pelo Treinamento FPGA Intel.