You are currently viewing Macnica DHW lança projeto “Smart Street” no Perini City Lab
Smart Street

Macnica DHW lança projeto “Smart Street” no Perini City Lab

Compartilhe

“Smart Street”, no Perini Business Park, será um showroom de tecnologias para mobilidade urbana, segurança, gestão municipal e urbanismo. Projeto foi lançado durante o Summit Cidades, evento que reuniu setor público, privado e academia, no Ágora Tech Park.

Créditos: Agência SC Inova

Um showroom para demonstração de diversas tecnologias de ponta voltadas para as áreas de mobilidade urbana, monitoramento, gestão municipal e urbanismo. Este é o conceito da Smart Street que está sendo desenvolvida no Perini Business Park, em Joinville (SC), como uma rua conectada por dispositivos eletrônicos (processadores, sensores, câmeras), plataformas de data analytics, além de uma infraestrutura de transmissão e armazenamento de dados. A apresentação ao mercado e a gestores públicos aconteceu durante o Summit Cidades 2021, que encerrou nesta sexta (10), no Ágora Tech Park, em Joinville.

O Projeto Smart Street está sendo implantado nos 400m finais da Avenida Fábio Perini, no trecho compreendido por 2 rótulas, onde estão instaladas 10 câmeras de alta resolução, hardwares de processamento de dados, módulos de comunicação de dados e controladores de iluminação. É o quarteirão onde estão localizados os três prédios do Ágora Tech Park construídos nos primeiros dois anos de operação e o campus Joinville da Universidade Federal de Santa Catarina.

A iniciativa é desenvolvida pela Macnica DWH, gestora do Perini City Lab, projeto do Ágora Tech Park voltado para a temática das smart cities, oferecendo o ambiente do Perini Business Park para desenvolvimento, validação e demonstração de soluções para as cidades.

No ambiente da “rua inteligente“, 20 luminárias foram substituídas por modelos de LED desenvolvidos especialmente para o projeto, pela Wetzel – empresa instalada no Perini e que também forneceu os gabinetes onde estão instalados os hardwares do sistema. “Isto permitirá que outras tecnologias sejam agregadas ao sistema, proporcionando a geração de mais dados que permitirão análises sobre fluxo e perfil predominante de público, avaliar tendências de comportamento de pessoas e veículos, traçar estudos de dimensionamento de tráfego, identificar áreas de risco e outras informações de gestão de segurança e mobilidade urbana do local”, ressalta Fabrício Petrassem Sousa, gerente de IoT da Macnica DHW.

Toda a parte de vídeo analytics e gestão dos dados coletados através das imagens das câmeras será realizada pelas plataformas Gorilla e Megh Computing, que receberão os dados captados, realizarão as análises previamente delimitadas, e apresentarão os resultados em dashboards personalizados. A visualização será feita pela Live Earth, uma plataforma de visualização em tempo real que permite aos usuários conectar dados de várias fontes que normalmente não interagem em uma única plataforma.

Desde que foi lançado, em 2019, o City Lab serviu como laboratório de testes para 11 projetos, em verticais como saúde (Ágora Health, que inclui farmácia-conceito e clínica oftalmológica inteligente), mobilidade (parceria com o Waze Carpool e validação dos veículos elétricos compartilhados da startup GoMoov), sustentabilidade (gestão de resíduos), entre outras. Algumas destas inovações foram apresentadas e experimentadas por prefeitos, gestores públicos, executivos, acadêmicos e empreendedores durante o Summit Cidades, que reuniu mais de 300 participantes no parque tecnológico.

“Este é mais um passo para fortalecer Santa Catarina como um smart state, que não apenas conta com empresas inovadoras mas que também oferece ambientes de teste, como o Living Lab de Florianópolis e a “Sandbox” em Jaraguá do Sul, para validação de demandas da sociedade, abrindo novas oportunidades de mercado e aceleração de implementação de soluções nas cidades”, complementa Jean Vogel, presidente da Câmara de Cidades Inteligentes da FIESC e curador do conteúdo do evento. 

Empresas, startups e pesquisadores que desejarem se conectar ao projeto, podem entrar em contato com a Macnica.

O Summit Cidades é uma realização conjunta da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE), Consórcio de Informática na Gestão Pública Municipal (CIGA) e da Câmara de Smart Cities da FIESC

Créditos: Agência SC Inova

Leia também:

Perini City Lab

Cidades inteligentes: IoT a serviço da segurança

Acompanhe a Macnica DHW nas Redes Sociais

INSTAGRAM

LINKEDIN

FACEBOOK

Compartilhe

Franciele Nornberg

Mestre em Engenharia Elétrica pela UFSC (2019), graduada em Engenharia Elétrica pelo IFSul em 2017. Trabalha na Macnica DHW desde 2019. Seu conhecimento técnico somado a utilização das boas práticas de copywriter são responsáveis pelos excelentes conteúdos divulgados no blog da Macnica. Franciele é também Instrutora Autorizada FPGA Intel e portanto, responsável pelo Treinamento FPGA Intel.